Dicas para cicloviagens

Dicas para cicloviagem

Como Preparar um passeio

Qualquer passeio, por mais belo que possa ser as paisagens percorridas ou por mais excitante que possa ser o trajeto, perde muito do seu interesse e brilho se as avarias mecânicas ou a fadiga se interessarem por nós. Acordar de manhã, olhar o céu e partir de improviso para longe, para fazer um passeio solitário, pode ser excitante e espontâneo, mas acabar sozinho, no meio de uma serra, a quarenta quilômetros do carro e a cem de casa, com a corrente quebrada e sem um saca-correntes, bem é o suficiente para qualquer um amaldiçoar a sua sorte e nunca mais esquecer da aborrecida preparação. Para evitar esta dolorosa aprendizagem, juntamos aqui alguns conselhos ditados pela experiência e bom senso, mas aos quais não damos, muitas vezes, a devida importância.

Preparação do Ciclista

Julgavam que era só subir na bicicleta e pedalar ? Bom, para os que se encontravam em melhor forma, talvez seja assim, mas com o estilo de vida geralmente sedentário a que as sociedades modernas convidam, o mais provável que os mais “preguiçosos” de entre nós se encontrem, no meio de um passeio algo difícil, com dificuldades em acompanhar os demais. E acreditem que ir para um passeio sofrer afasta as pessoas desta prática, desmotivando-as. Passeios de mountain bike devem ser sinônimos de prazer e deixarem entre nós a vontade de voltar. Como os passeios guiados não excedem, geralmente os trinta e cinco quilômetros, prepare-se esta distância como meta. Faça passeios semanais, aumentando gradualmente a distância percorrida até que se sinta capaz de cumprir de forma confortável, sem grande esforço. Em vez de tentar cumprir a distância em tempo rercorde, concentre-se antes em encontrar o “seu” ritmo de pedalada, aquele que permitirá percorrer o trajeto com o mínimo esforço. Vai ver que em breve você estará desbravando os mais diversos caminhos deste nosso belo país e até disputando competições.

 

 

Preparação da Bicicleta

Também nossa fiel montada necessita de algumas atenções antes da partida de um passeio ou competição. Deve ser feita uma vistoria, em busca de focos de problemas e indícios dos mesmos. Lubrificar a corrente, os cabos e ouras peças móveis que porventura disso necessitem, como cubos, o eixo do movimento central ou os eixos dos pedais, contribui para um melhor desempenho da bicicleta e um maior conforto do ciclista. Devem ser verificados também o aperto dos parafusos, a regulagem das mudanças de marchas e o estado dos freios e respectivas sapatas. Não esquecer os pneus e câmaras de ar. Executar estas tarefas na véspera da grande partida, assegura e antecipa uma pedalada sem problemas mecânico, logo mais agradável !

 

Excesso de Bagagem

A quantidade de ferramentas e bagagem que irá levar para um passeio vai depender , essencialmente, da duração do mesmo. O objetivo é conseguir um adequado grau de autonomia. Para passeios curtos, de apenas um dia, deve levar um pochete, por exemplo, com uma câmara de ar, remendos e cola, uma bomba e um saca corrente e uma ferramenta multi-uso conhecido também como “Magaiver”. Isto será o mínimo indispensável. A medida que a duração do passeio aumenta, também aumentará o número de ferramentas a transportar. Um pneu sobressalente, chave de raios, elos de ligação para as correntes serão elementos para uma pedalada de vários dias, por exemplo. Claro que se necessitar transportar barraca, saco de dormir, material de camping, e suas vestes, será melhor recorrer a um conjunto de bolsas próprias para transporte em bicicleta, que se prendem ao bagageiro (garupa) , chamado de alforje. Evite de pedalar com mochilas, pois estas além de incomodar tiram o equilíbrio e estabilidade do ciclista. Vigie o peso total e leve somente o indispensável. Sobretudo não descuide da segurança. Capacete, luvas e óculos de proteção são indispensáveis. Um bom protetor solar e barras energéticas podem contribuir para um conforto maior do ciclista. O que não deve deixar de levar é água, e quanto mais melhor. Duas caramanholas de água ou um reservatório dos de transportar às costas, conhecido como “Camel Back”, transportarão a água que deve levar a beber com freqüência, para prevenir uma eventual desidratação.

PRóXIMA PEDALADA

Pedal de Natal

- 16/12/2017

X